início do conteúdo

Reitor solicita apoio de senador para pautas referentes aos TAEs e mudança de Avançado para Campus

Publicado por: Reitoria / 16 de Junho de 2021 às 17:12

O reitor do Instituto Federal de Mato Grosso, Julio César dos Santos reuniu-se, na tarde desta terça-feira (15), com o senador Wellington Fagundes para solicitar o apoio do parlamentar no sentido de acompanhar, no Ministério da Educação, o andamento do processo referente à inclusão dos Técnico-administrativos educacionais (TAEs) na coordenação de projetos de ensino, pesquisa e extensão e, consequentemente, no recebimento de bolsas de financiamento de pesquisa.

“Vamos trabalhar no Senado para a aprovação desse projeto da deputada Dorinha, do Tocantins, que traz a oportunidade para que os técnicos administrativos possam fazer pesquisa,” afirmou o senador.

“Com a aprovação desse projeto ganha a nossa instituição e também a sociedade, através da nossa capacidade de ampliarmos as atividades de ensino, pesquisa e extensão. É uma questão de construção de igualdade na instituição para os nossos servidores”, reforçou o reitor.

Outro apoio solicitado ao senador, desta vez não apenas pelo reitor, mas também pelos diretores-gerais dos Campi Avançados de Tangará da Serra, Diamantino, Sinop e Guarantã do Norte, diz respeito à Portaria 246, para alteração da nomenclatura de campus Avançado para Campus e o consequente aumento do número de servidores.

“Para cada uma das categorias, seja campus, centro de referência, existe a designação de um quantitativo de servidores para essas unidades. Além disso, a portaria trata das distribuições das funções e das CDs, que são as gratificações para servidores que exercem cargos de coordenação e direção dentro da instituição. Da forma como está hoje, os Campi Avançados foram criados para ter apenas 20 docentes e 13 técnicos administrativos, enquanto o campus chega a 70 docentes e até 60 TAEs. Daí a importância dessa mudança,” detalhou o reitor.

Reeleito para um novo mandato, o diretor-geral do campus Avançado de Tangará da Serra, Gilcélio Peres, conta que "se tornar Campus é o grande sonho de todo Campus Avançado. Com 20 docentes ficamos muito limitados em nossa atuação, não podemos ofertar muitos cursos e a comunidade espera muito de todos nós".

Dos cinco campi Avançados do IFMT estavam presentes quatro DGs dos campi Avançados Diamantino, Givaldo Dantas Sampaio Neto, Avançado Lucas do Rio Verde, João Vicente Neto, Avançado Sinop, Rafael Martins Chaves e Avançado Tangará da Serra, Gilcélio Luiz Peres.

Marcadores: ifmt_1

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

Avenida Senador Filinto Müller, 953 - Bairro: Quilombo - CEP: 78043-409

Telefone: (65) 3616-4100

Cuiabá/MT